"O segredo do sucesso é a constância do propósito."

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Simplesmente Amor - complexo


(Leia ouvindo a musica do video! Vale a pena - Lindo)

Amor... Será que algum dia alguém conseguiu defini-lo corretamente?! Tomo emprestado um dizer do saudoso Carlos Drummond de Andrade “Se você sabe explicar o que sente, não ama, pois o amor foge de todas as explicações possíveis.” Sendo assim nada mais a ser dito. O conceito do soneto 11 de Luiz Vaz de Camões, adaptado musicalmente pelo Legião Urbana que sua forma original foi tirada do texto bíblico 1 Coríntios 13, ainda tenta, inexplicavelmente, traduzir o intraduzível. Complexo:

Amor é fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer;

É um não querer mais que bem querer;
É solitário andar por entre a gente;
É nunca contentar-se de contente;
É cuidar que se ganha em se perder;

É querer estar preso por vontade;
É servir a quem vence, o vencedor;
É ter com quem nos mata lealdade.

Mas como causar pode seu favor
Nos corações humanos amizade,
se tão contrário a si é o mesmo Amor?


Em minha vida tive 2 relacionamentos sérios e duradouros (4 e 5 anos) e foram completamente diferentes um do outro ao mesmo tempo em que se fundiam num mesmo sentimento final. Complexo. E nessa nem tão pouco experiência com relação à “doenças” do coração tento entender certas atitudes que me parecem meio neandertal.

Desde que existe homem e mulher, e se entende uma diferença entre ambos o sexos há uma guerra maquiada de quem sabe mais, quem é mais prático, mais inteligente, mais sentimental, mais organizado e bla bla bla. Quando na verdade ninguém sabe de nada ao mesmo tempo em que sabemos de tudo e não fazemos nada.

O primeiro olhar, nossa como é bom. O começo de algo que acaba se tornando o principio de um fim, fato. Frio na barriga, mãos geladas e sangue correndo no corpo em uma velocidade extraordinariamente acima do normal. Perai, isso não é paixão?! E tem diferença?! A quem diga que paixão tem fim e amor é pra vida toda. Hem?! Complexo.

E vem o primeiro beijo, o tão esperado momento, se é bom é ótimo, se for ruim, ahh parte pra outra. A primeira transa, a primeira briga, o primeiro choro, aquele abraço sem vontade de soltar, o carinho de só querer o bem..., e o fim. Vejo pessoas dizerem, “antigamente é que era bom”. Hã! Como assim?! Mulheres, e homens também, fadados a viver eternamente com uma pessoa que não Ama para sustentar uma aparencia ante a sociedade conservadora?! Ahh, balela. Calma, claro que há exceções, não descarto a possibilidade de um único amor pra vida toda e nem concordo com a promiscuidade de sair por aí distribuindo um pouco de si pra todo mundo. Apenas defendo a idéia de que, nunca é tarde demais para ser feliz e buscar um novo amor se aquele de outrora já não o realiza como antes.

O engraçado de um relacionamento a dois é que, infelizmente, descobrimos tarde demais que se tivéssemos feito diferente naquele exato momento talvez tudo teria sido diferente também, e eu digo com uma certa propriedade que me permito ter, que na verdade não seria diferente coisa nenhuma. Os motivos do fim só seriam outros, mas teria um fim.

O ser humano não consegue viver só, sendo assim passa a vida intera em busca de um outro alguém que o complete, quando na “verdade” se ele olhar para si mesmo e a sua volta verá que tem tudo o que precisa, mais aí o tempo já passou e não dá para voltar atrás. Aquele jantar com a sua mãe, naquele dia com o amigo, a pedalada com o irmão, o aniversário da sobrinha, o abraço apertado do pai e milhões de outros momentos que parecem banais mais no final de sua vida fazem toda a diferença. E o Amor?! Ah, esse vai muito alem do que se possa imaginar e que eu tente aqui explicar.

Se Amei?! Com todas as minhas forças, de corpo e alma, e como eu quis que fosse para vida toda, e como eu me decepcionei também, e como eu cresci com isso, e como hoje eu sou FELIZ!!! E sei que vou amar de novo e sofrer por esse amor como num ciclo vicioso inevitável.

Um conselho?! AME, eternamente, começando por você. AME!!!



segunda-feira, 15 de novembro de 2010

De Volta!!! Again

Bom, e lá vamos nós de novo. De volta a essa selva de informações. Depois de um bom tempo em off, pensando e me recuperando de “grandes” acontecimentos que marcaram minha vida e me fizeram amadurecer bastante, acredito agora que não posso deixar a peteca cair. Preciso continuar...

Objetividade, gosto disso. Sem muitos rodeios, eu, aos 26 anos, formada em Comunicação Social – Jornalismo em junho de 2008, tive belas oportunidades de trabalhar em minha área, que sou fascinada diga-se de passagem, Comunicação, e trabalhei, porém, financeiramente, um caos...
Hoje sou Diretora de Ensino de uma auto escola, nada haver, mais a priori me “satisfaz”...

Como não consigo ficar parada e minhas noites estavam vagas, me embrenhei em uma nova jornada de estudos, um novo curso, Técnico em Informática, que confesso, surpreendente. Em uma sala de mais de 30 alunos apenas três mulheres, foi difícil de encarar, mas... desistir não é comigo. Meu interesse maior?! Design Web, aí voltamos ao Jornalismo, minha meta.

Agora, aguardo ansiosamente a oportunidade de fazer meu mestrado e assim vai...

Sigo por aqui postando meus anseios, indignações, alegrias, fracassos e sem dúvida, vitórias.

Só pode ser piada


Isso mesmo Pastor Silas, vejo que é um cara extremamente bem instruído e por dentro sobre o tema Educação Sexual. "De dar orgulho".


Um claro retrato da extrema ignorância.

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Comic-Con 2010

Calma calma, não é nenhuma vitima de um atentando terrorista ou do Massacre da Serra Eletrica...hehehe
Entre os dias 22 e 25 de julho acontece o maior evento de cultura pop do mundo em San Diego - EUA e essa é a mulher zumbi. Trash não?!?!

quarta-feira, 14 de julho de 2010

quinta-feira, 17 de junho de 2010

A Primeira

Bom, essa é minha primeira postagem e confesso que estou bastante ansiosa por crer que este blog será um divisor de águas em minha vida. Farei aki relatos sobre acontecimentos do Brasil, do mundo e várias experiências vividas por mim mesma.

Foram 4 anos de faculdade jogados "ralo abaixo" depois que o Supremo
Tribunal Federal (STF) decidiu que o diploma de jornalismo não é obrigatório para o exercício da profissão, fato polemico. Claro que concordo que, mais que um diploma, para ser jornalista é preciso de talento, dom pra coisa. Afinal, nas faculdades que andam cheias de teorias deixam a desejar no principal pra essa área, a prática. Masss aprendi muito durante meu curso e defino como uma lástima essa decisão do STF. Lamurias de lado, vamos ao que interessa.

Esse blog já começa em tempo bom, a Copa do Mundo, evento que como todos
já sabemos, é a grande paixão nacional. O país para em frente às telinhas para ver a amada seleção brasileira jogar, gritar Gollll e o mais novo bordão que não sai da boca dos brasileiros, esta em primeiro lugar nos Trendings Topics do twitter e saiu até no NY Times: "Cala a boca Galvão", com todo respeito.

Os olhos do mundo inteiro se voltaram para uma parte do planeta quase
sempre esquecido, a África. É claro enxergar nos rostos de cada habitante daquele lugar a satisfação de receber um evento como esse. Para quem disse que não seriam capazes, aí esta a resposta, até agora não deixaram nada a desejar, pelo contrario estão se saindo grandes anfitriões e a essa altura do campeonato já até me acostumei com som de mosca varejeira de suas vuvuzelas.

Ah, e o Brasil?!?! É, o time deixou muito a desejar no primeiro jogo de
terça-feira (15) contra Coréia do Norte, aquele futebol do time canarinho ainda esta muito aquém do que realmente é capaz, Dunga que se cuide, ou melhor, que cuide do time porque vejo a taça do hexa cada vez mais longe, espero que esteja errada.

Por hora é só, não vou me alongar muito pra não ficar cansativo e logo logo eu estou de volta.